Curso de SEO On-line

Se você está no mercado de marketing na internet provavelmente já ouviu falar em SEO, não?

Mas, afinal que raios é esse termo de pronuncia complicada?

Meu nome é Bruno Medeiros, eu sou Consultor SEO e vou contar para vocês aqui um pouco da minha profissão e como ela pode ser utilizada para alavancagem de negócios físicos e digitais.

O que é SEO?

o que é seo

SEO é o acrônimo recursivo para “Search Engine Optimization” que em uma tradução direta ficaria algo próximo a: Otimização de páginas para os motores de busca, mais especificamente o Google.

O objetivo dessas otimizações é fazer com que o seu site apareça nas primeiras posições do Google.

O Google, hoje, é o principal site para pesquisas e não preciso nem te dizer que é um grande benefício para o seu negócio ter uma exposição deste tamanho, a pergunta é: COMO FAZER MEU SITE APARECER NO GOOGLE?

Entendendo o Google

Vamos entender um pouco o Google, o Google tem uma coisa que é chamada de algoritmo.

O algoritmo é que determina quem fica e não fica nas primeiras posições, para ele chegar a essa conclusão ele se baseia em alguns critérios (chamados fatores). Hoje o Google tem mais de 200 critérios para definir o posicionamento de um site.

Esses fatores são divididos em duas categorias: On-Page e Off-Page.

A categoria On-Page trata de assuntos relacionados à pagina de uma forma geral, Título, textos, conteúdo, imagens, etc…

A categoria Off-page lida dos assuntos “externos” como: Reputação do seu site, autoridade que seu site tem perante o Google, tempo de vida do domínio e etc…

Para ficar mais claro para você: Off-page é tudo que não temos o controle diretamente e On-Page é tudo que podemos manipular.

Como Mostrar para o Google que mereço as primeiras posições?

É aqui que entra o real trabalho do consultor SEO, na hora de fazer as otimizações para que o Google consiga entender que aquele conteúdo é interessante para ocupar as primeiras posições.

No geral o Google quer oferecer uma boa experiência para o usuário (Mantenha isso em mente).

Só que ele por si só é “burro” e não consegue entender o que é um conteúdo bom ou não é, por mais que o algoritmo seja bem evoluído nesse ponto ele ainda é bastante ineficiente.

Portanto, por vezes você cria um conteúdo realmente bom, com detalhes e passando uma informação bem interessante para o seu leitor porém o Google não acha o mesmo.

Para sanar esse problema precisamos dar “indícios” sobre o que estamos falando para o Google, para que ele consiga fazer uma leitura mais assertiva e entender melhor do que se trata a sua página.

Fazendo as otimizações

Vamos tratar aqui neste tutorial basicamente as otimizações on-page que você pode realizar agora mesmo e já conseguir uma melhora no posicionamento do seu site.

Título

A primeira grande coisa que você tem e deve fazer é a otimização do título da sua página, é um bom local para começar a “dizer” ao Google sobre do que se trata.

Quando o robô faz a leitura da sua página e ele identifica de início um título que contenha a palavra-chave que você quer posicionar, BINGO! Já consegue ganhar alguns pontos com o Google.

Palavras-chave

palavras-chave

Aqui está o grande lance do negócio, palavras-chave.

O Google ainda não tem sensibilidade humana para poder saber do que tratam as páginas então ele é fortemente movido por palavras-chave.

Com as palavras-chaves ele consegue entender melhor do que se trata a sua página, porém atenção para uma coisa.

Lembra que te falei que o objetivo do Google é fornecer uma boa experiência para o usuário?

Então, se você repetir muitas vezes a palavra-chave que você quer posicionar FORA de um contexto lógico ele vai perceber isso, vai entender que não está oferecendo uma boa experiência para o usuário e não vai te dar muita atenção.

O ideal é que você utilize o máximo de vezes a palavra SEM parecer nada forçado, para te ajudar nesse ponto você pode utilizar o LSI ( Latent Semantic Indexing ) que resumidamente é um grupo de palavras que pertencem ao mesmo campo semântico.

Ex.: Se eu quero posicionar a palavra CURSO DE MARKETING PARA LEIGOS.

Não necessariamente preciso ficar repetindo marketing para leigos, markeitng para leigos o tempo todo.

O Google entende seus sinônimos e palavras que pertencem ao mesmo campo como: Iniciantes, começando, etc…

Portanto, Marketing para leigos e marketing para iniciantes aos olhos do Google é a mesma coisa.

Você precisa construir o conteúdo da sua página pensando nisso, deixar claro para o Google o que é que você quer dizer.

Imagens e vídeos

Ambos fortalecem a experiência do usuário, ambos fazem com que você ganhe pontos por oferecer informações valiosas para o seu leitor e o Google sabe disso.

Quanto mais imagens e vídeos você conseguir inserir dentro do seu texto é melhor, lembrando que NADA pode ser fora de contexto e quanto mais natural parecer melhor.

Tags

Outro ponto importantíssimo é a distribuição semântica do texto, as tags servem para te ajudar nisso.

Se você não sabe Tags são os “headings” H1, H2, H3.

Elas servem para mostrar ao Google o que é mais relevante dentro de um texto, por padrão tudo que você escreve é inserido como <p> (parágrafo) então quando você faz uma correta distribuição semântica das tags consegue facilitar o trabalho do Google em identificar realmente o que você quer destacar.

Quanto menor ( H1, H2) o Heading mais relevância ele vai ter em relação aos outros.

Esses são alguns itens básicos, bem básicos que devem ser levados em consideração na hora de uma otimização on-page.

Lembrando que o seu posicionamento depende diretamente do poder de fogo da sua concorrência, afinal para você subir alguém tem que descer e se o teu concorrente “impressionar” mais o Google do que você ele fica.

Otimização off-page

A sua forma de otimização são as otimizações off-page, que tem como base a quantidade/qualidade de links apontando para você.

Essa parte é a mais difícil de você otimizar porque como te disse lá em cima: você não tem controle total sobre os elementos.

Como você vai fazer com que alguém mande um link para você?

Tecnicamente a forma “correta” de conseguir links é produzindo conteúdo de qualidade e esperar que outros sites citem a sua página.

No mundo mais “negro” do negócio existem algumas formas de manipulação de links que é uma prática proibida pelo Google porém muitas empresas e consultores aplicam.

Se quiser saber mais sobre esse assunto busque por que Black Hat SEO e entenderás melhor o que eu estou dizendo.

Mas, será que vale a pena investir em SEO?

Na minha visão, não porque eu sou especialista em SEO que vou puxar o peixe para o meu lado.

Mas, pra mim é a forma mais barata de se conseguir leads qualificados na internet hoje.

Os leads vindo de uma campanha de SEO tem um nível de interesse muito grande no seu negócio.

Pense comigo: O cara liga o celular, tem diversas ações para tomar ( facebook, instagram, whatsapp, etc…) entra no navegador, acessa o Google, Busca uma solução para um problema em específico e encontra a sua empresa.

Olha o caminho que esse lead percorreu antes de te encontrar, faz sentido?

Diferente de mídia paga ( Facebook, Instagram) que VOCÊ vai atrás do cliente, você aborda ele sem ele ter a intenção de comprar naquele momento.

Caso queira calcular o quanto de retorno que o SEO pode te trazer baixe a extensão para o Google Chrome chamada KEYWORDS EVERYWHERE com ela quando buscar algo no Google vai te mostrar a quantidade de volume de buscas.

Estatisticamente você recebe cerca de 33%, 17% e 15% para 1°, 2° e 3° lugares respectivamente.

Se você posicionar em primeiro para uma palavra que tenha 40.000 buscas mensais, você tem 13.200 acessos novos todos os meses, te parece bom?

 

Considerações finais

Bom, é isso!

SEO é um mercado bem amplo, com diversas possibilidades de monetização e alto retorno.

Se quiser aprender mais sobre SEO visite o meu CURSO DE SEO ON-LINE gratuito que eu disponibilizei no meu blog.

Eu vou ficar por aqui, um forte abraço e até a próxima.

Comments