Curso de Jardinagem, uma atividade prazerosa e lucrativa!

Tudo no mundo dos negócios se resume a uma palavra: oportunidades.

Despois de perder muito espaço na vida pessoas, com o crescimento do cinza nas grandes cidades, reduzindo empregos, a Jardinagem retornou com força na conscientização crescente sobre a importância de cultivarmos o verde, até dentro de apartamentos, como qualidade de vida e efeito terapêutico.

E o próprio cinza ajuda nesta retomada:

  • Mais condomínios são construídos como ideais de moradia e conveniência em todos os tipos de cidades e precisam investir na qualidade ambiental com jardins, alamedas, arborização.
  • Mais empresas apostam nas áreas verdes externas e internas para suavizar seus ambientes.
  • Muitas pessoas, principalmente das classes mais altas, contratam profissionais para criar e gerir suas áreas verdes particulares, tanto residencial quanto de veraneio.

Ou seja, é uma atividade que tende a crescer com a expansão imobiliária que certamente virá com a melhoria da economia.

Vale a pena apostar em um curso de Jardinagem, uma atividade prazerosa e lucrativa!

Onde encontrar um bom Curso de Jardinagem?

Hoje em dia é possível encontrar instituições muito boas para cursos de Jardinagem, O mais conhecido é o SENAC, com qualidade reconhecida e presente em muitas cidades brasileiras.

Além deste, uma boa pesquisa na Internet vai mostrar outras escolas na sua localidade e até mesmo online, como o Instituto Universal Brasileiro e o Curso 24 Horas.

O que você vai aprender em um Curso de Jardinagem?

O programa de um bom curso de Jardinagem abrange os mais variados temas para atender necessidades diferentes – pessoas, empresas.

Para ilustrar, alguns temas de um curso de Jardinagem são os abaixo, existem muitos outros.

  • O que é necessário na hora de fazer um jardim: EPI, ferramentas, substratos, insumos, recipientes.
  • Universo das plantas ornamentais: função das áreas verdes.
  • Morfologia vegetal: tipos, altura, formas, profundidade de raízes.
  • Como escolher as plantas conforme a luminosidade e suas necessidades hídricas.
  • Árvores e arbustos ornamentais e frutíferas.
  • Plantas para forrações, maciços e cercas vivas.
  • Técnicas de plantio: árvores, palmeiras, arbustos e forrações de herbáceas e coberturas inertes.
  • Manutenção do jardim e conservação da vegetação, adubação de reposição de nutrientes
  • Pragas e doenças de plantas ornamentais.

Além disso, os cursos também deve focar:

  • Formas de apresentação de trabalhos para clientes (portfolio).
  • Técnica de entrevista com clientes.
  • Potencial de mercado relacionado à Jardinagem.

Cuidados na hora de escolher um Curso de Jardinagem

Conforme podemos ver no item anterior, podemos ter cursos cuja abordagem é profissional ou de hobbie, a duração e o preço deles varia bastante.

É importante fazer uma pesquisa grande sobre as opções de escola na sua região e também do conteúdo programático para ver se eles atendem o seu objetivo – ganhar dinheiro ou recreação. Eu recomendaria o mais completo, porque você vai gostar muito da Jardinagem e ver possibilidade de empreender, individualmente ou com uma empresa.

Veja também se o curso abrange espécies bem específicas e que fazem muito sucesso hoje em dia, como as Orquídeas. Elas são uma espécie cara e difícil de cuidar, portanto é interessante que um curso fale sobre elas – querer aprender a cuidar apenas de Orquídeas pode custar caro depois.

Quer conhecer mais sobre as Orquídeas?

Neste link você tem muito mais informação e de qualidade.

Agora você pode decidir se a Jardinagem pode ser uma atividade profissional (lucrativa, ela certamente é) e como escolher o melhor curso.

Boa sorte!

 

 

 

 

Comments