Como iniciar um negócio digital do zero

Milhões de pessoas, todos os dias, alimentam o sonho de investir em um negócio do zero, e hoje em dia os Negócios Digitais são o grande investimento, pela variedade de serviços e, claro, mais empresas, a cada dia, buscam as soluções digitais para conquistar mais clientes e impulsionar vendas.

Mas todos nós nos deparamos com uma primeira dificuldade: como tirar do papel tantas ideias e transformar o negócio em realidade?

Sabemos que não é uma tarefa simples, todo empreendedor, até os maiores, afirmam que o começo sempre é a parte mais difícil.

Com este incentivo, podemos ver as coisas com mais calma e ser mais eficientes em tudo que é preciso para iniciar um Negócio Digital do zero.

Defina claramente quem é o seu produto ou serviço

No mundo digital, as possibilidades são muitas e isto pode provocar uma falta de foco naquilo que é possível agora. Você pode começar gerando Conteúdo ou na Criação de Sites. Ou as duas coisas. E a lista não para por aí, claro.

Mas definir um perfil inicial é importante para que você mova recursos, esforço e tempo adequados e não se perca em definições que não saiam do papel na hora de executar. E o sucesso com eles vai motivar a crescer.

Se você está sozinho, é prudente escolher um ou dois segmentos que pode atender com o horário disponível, investir neles e ir agregando outros. Lembre-se que precisa de mais tempo para planejar agenda, administrar o negócio e atender clientes.

Construir a base de comunicação que será usada com os clientes

Para começar, é importante criar um blog e uma página de Facebook para o seu negócio – sua página pessoal será usada para levar seu público para a página empresarial.

Um site também é importante e pode ser feitos com programas muito simples e gratuitos, você pode pensar nele num segundo momento, mas não pode esquece-lo.

Com o blog e o Facebook você poderá criar conteúdo e estabelecer uma comunicação com o potencial de clientes.

Defina detalhadamente o seu público-alvo

Aqui e regra é usar as melhores ferramentas de pesquisa online e mapeamento de clientes no Google e nas redes sociais para definir o universo de clientes que poderão comprar os seus produtos ou serviços digitais.

Com a pesquisa – que pode ser feita na sua rede social ou por programas gratuitos, descobrimos o que os clientes desejam e os maiores problemas que eles tem hoje com o fornecimento destes produtos.

Quanto mais detalhada a pesquisa, maiores são as chances de definir o espaço que seu produto pode ocupar, não só para ser uma opção de qualidade, mas também uma opção diferenciada – entregar algo que o mercado não entrega.

Produza conteúdo de qualidade e envolvente

O blog é um excelente meio de comunicação com os possíveis clientes, se usado de uma forma que as pessoas entendam e se engajem.

Entender significa produzir artigos com qualidade de redação e coerentes com a finalidade do blog.

Engajar tem a ver com uma forma de publicar que crie no leitor a ideia de que o conteúdo é relevante para ele, que provoque uma consciência de dor em algum aspecto e que atraia ele para o próximo artigo/passo – o próximo nível de engajamento.

E isto começa por publicar conteúdos relacionados, não diretamente focados no seu produto, mas que criem uma jornada de envolvimento até chegar nele.

Você pode falar de organização de ambientes, o quanto o excesso de coisas prejudica o dia a dia, para chegar em um marketplace para venda de itens usados.

Neste ponto, é fundamental conhecer os Funis de Venda, a metodologia que visa conduzir a atenção do leitor em pontos em que ele se interesse por um conteúdo, realiza que tem um problema, passar pela pesquisa de soluções e chega até a sua solução.

Busque e administre uma lista de e-mails relevante

Lembra do seu networking? É aqui que ele se torna profissionalmente relevante para você. É o seu ponto de partida para expandir a base de potenciais clientes através de pessoas que conhecem você – elas podem adquirir seu produto ou recomendar.

Você pode relacionar-se com sua rede de relacionamentos para divulgar o seu conteúdo, principalmente na rede social, replicando os artigos do blog e criando postagens novas, de forma que ela se interesse diretamente e/ou compartilhe.

No blog é essencial ter as páginas de captura de dados, nos diversos artigos, para que você enviar e-mails com chamadas para um próximo passo – existem ferramentas de E-mail Marketing que automatizam todo este processo e são muito simples de usar.

Nem precisamos dizer que não é recomendada a compra de listas de e-mails, certo?

Tenha canais ágeis de comunicação

É importante atendermos os e-mails de contato de dúvidas, cotações e reclamações com a mesma agilidade. Isto dá ao potencial cliente (ou cliente) a segurança de que você tem com ela uma parceria e não apenas uma transação comercial.

Isso é importante porque você estará começando com alguns serviços digitais, mas sabe que outros estão relacionados e quer futuramente atender eles também. Você pode não ter consultoria de SEO hoje, mas atender prontamente, recomendando um profissional, ajudará no futuro quando você quiser oferecer o mesmo serviço.

 

Estas são apenas algumas dicas, mas essenciais para quem está com sua ideia de negócio no papel e não sabe como transformar em realidade.

Você está pensando em montar um negócio em casa e não tem ideias? Veja neste artigo algumas opções interessantes para fazer dinheiro extra e descobrir seu talento para expandir!

Comments