6 Dicas para você aprender sobre empréstimos online

Um conserto no veículo de trabalho, uma reforma de imóvel que evite que os problemas se
multipliquem ou uma doença grave na família sem cobertura de plano de saúde. São alguns
dos inúmeros imprevistos que podem surgir na vida de uma pessoa ou de uma família.

E nos últimos anos, o brasileiro está convivendo com um alto desemprego em todos os
setores e níveis sociais e de forma prolongada, corroendo as economias.

Todo este contexto leva milhões de pessoas para os empréstimos pessoais e uma
alternativa que vem se tornando bastante popular são os empréstimos online.

Mas você conhece esta modalidade de crédito? Quando o assunto é dinheiro, informação é
tudo. E que com essas 6 dicas para você aprender sobre empréstimos online, é possível fazer
a escolha com mais segurança.

Mas vamos pensar primeiro: será que o empréstimo online é realmente
necessário?

Esta é uma pergunta que devemos nos fazer várias vezes até a decisão de solicitar um
empréstimo online ou presencial. A resposta é possível com uma visão realista e completa
das receitas e despesas. Com ela é possível:

  • Descobrir que a situação é menos crítica e podemos descartar o empréstimo.
  • Confirmar a gravidade, porém descobrir que o valor pode ser menor.

Descobrir ações que podem evitar o empréstimo ou reduzir o valor. Basicamente:

  • Cortar ou reduzir despesas não essenciais: roupas, lazer, cursos, presentes.
  • Medidas para reduzir despesas obrigatórias: energia, mercado, gás, água.
  • Renegociar despesas: aluguel, colégio, financiamentos, assinaturas.

De posse dos números reais, antes de decidir pelo empréstimo online, reúna a família,
explique claramente a situação e se é possível evitar.

Mas vamos pensar primeiro: quais as vantagens dos empréstimos
online?

1. O processo é mais rápido. Tudo é feito pela Internet onde não há fila e os sistemas
encaminham o usuário a informar apenas o que é necessário, gastando menos tempo e
sendo mais focado.

2. O processo é menos burocrático. No empréstimo online o envio dos documentos é
eletrônico, o preenchimento da ficha é imediato e a resposta é muito mas rápida, às
vezes no mesmo dia.

Mas se o empréstimo online é inevitável, vamos olhar algumas dicas:

1. Defina o melhor (menor) valor possível

Com o orçamento totalmente mapeado, você deve decidir pelo valor que resolverá o
problema.

Evite a tentação de aproveitar para pegar mais dinheiro. Esta sobra tende a ser usada em
algo que não é prioritário ou urgente, cria um bem estar momentâneo e cobrará a conta
mensalmente.

Lembre-se: um empréstimo não deve ser usado para adquirir um bem ou satisfazer um
prazer. Para estes casos, existem os financiamentos – veja aqui a diferença – e caso já não
haja empréstimos assumidos.

2. Pesquise a reputação das empresas de empréstimo online

É importante verificar a regularidade do CNPJ neste link da Receita Federal. Não opere com
empresas cujo CNPJ esteja baixado.

Após esta primeira consulta, pesquise no Reclame Aqui as reclamações: quais os principais
problemas, o tempo de resposta e a opinião dos clientes.

Também é interessante pesquisar nas redes sociais, onde os clientes insatisfeitos costumam
ser mais críticos. Tudo isto pode ajudar a escolher a empresa mais segura e responsável.

3. Use somente sites com certificado de segurança

São os sites que mostra um cadeado ao lado do link de acesso.
Isto significa que seus dados estão protegidos naquele site contra ataques de vírus e
hackers.

4. Compare todos os detalhes das opções de empréstimo online

Compare prazos, valores de prestação, juros aplicados, taxas extras, datas de primeiro
vencimento, enfim tudo que possa ajudar na escolha.

Após escolher uma opção, volte para a prancheta e certifique que o valor se encaixa no
orçamento sem sacrificar as demais despesas.

A cada simulação feita, imprima os resultados.

5. Tenha novos cuidados antes de fechar a contratação

  • Não pague valor algum antecipadamente à empresa, isto é proibido.
  • Não faça empréstimos onde o pagamento das parcelas não seja em uma conta da
    empresa (CNPJ).
  • Desconfie de empréstimos muito atraentes – juros baixos demais, prazos que outras
    não fazem.
  • Exija o Contrato antes de fechar a contratação. Se precisar, leve-o a um advogado.

6. Fechei um empréstimo online. E agora?

A primeira medida é retornar para casa e comunicar a todos a respeito, informando o prazo
e o valor da prestação.

Vocês devem, em conjunto, reforçar onde vão economizar para pagar o empréstimo – se for
preciso – e estabelecer como meta.

Neste artigo você consegue aprender mais como fazer empréstimo online e quais são as
recomendações para fazer isso de forma segura.

Comments